Concorrente do Megaupload, Filesonic desabilita downloads

Site permitia downloads diversos e vendia contas ‘premium’.
A página de ‘parceiros’ também foi retirada do ar.

Site é o 172° maior do mundo e oferece os mesmos serviços do Megaupload

O site Filesonic desativou suas funções de compartilhamento de arquivos durante este sábado (21) e domingo (22). Não há detalhes ou comentários sobre a mudança, nem mesmo no blog oficial da empresa, exceto uma breve mensagem na página principal. O Filesonic, assim como o Megaupload – que foi retirado do ar pelo FBI na quinta-feira (19), acusado de facilitar a pirataria –, permitia que usuários enviassem e baixassem conteúdos diversos e, por isso, também foi usado para abrigar conteúdos protegidos por direito autoral.

Outra semelhança do Filesonic com o Megaupload era o programa de afiliados. A partir dele, um usuário que envia um arquivo popular é recompensado caso uma pessoa registre uma “conta premium” para fazer downloads no site. As contas premium permitiam um maior número de downloads ao mesmo tempo e davam mais conveniência aos internautas.

No caso do Megaupload, no entendimento do FBI, que fehcou o site, essa oferta levou muitos usuários a enviarem conteúdo ilegal, lucrando com a atividade de hospedar arquivos com grande demanda.

A página de afiliados do Filesonic, porém, desapareceu. O espaço no Facebook dedicado ao site também sumiu. Usuários do site Reddit afirmaram que muitos arquivos e contas de usuários foram removidas e que o site teme ser o próximo alvo das autoridades norte-americanas.

De agora em diante, o Filesonic apenas permite que usuários baixem os arquivos que eles mesmos enviaram. Seguir qualquer link que antes levava a um download no Filesonic apenas apresenta uma mensagem, que afirma: “toda a funcionalidade de compartilhamento no Filesonic foi desativada. Nosso serviço só pode ser usado para enviar e receber os seus arquivos pessoais”.

De acordo com o site do Filesonic, a empresa tem endereços no Reino Unido e em Hong Kong. O site é o 172° maior do mundo em tráfego, de acordo com a Alexa.

Sopa e Pipa
O fechamento do Megaupload pelo FBI e do Filesonic aconteceu depois que diversos sites, incluindo a Wikipédia e a Craigslist, tiraram seus sites do ar em protesto com o Sopa e o Pipa, dois projetos de lei antipirataria que circulam nos Estados Unidos.

O Stop Online Piracy Act (Sopa) é um projeto de lei com regras mais rígidas contra a pirataria digital nos EUA. Ele prevê o bloqueio no país, por meio de sites de busca, por exemplo, a determinado site acusado de infringir direitos autorais. O foco está principalmente em sites estrangeiros, contra os quais as empresas americanas pouco podem agir. No Senado, circula o Protect IP Act, conhecido como Pipa (ato para proteção da propriedade intelectual), outro projeto sobre direitos autorais que mira a internet.

Ambos são apoiados por empresas de entretenimento, constantes alvos de pirataria, mas são questionados por companhias de internet, como Google, Facebook, Amazon e Twitter, que interpretam as medidas como um tipo de censura aos sites e à liberdade de expressão. Os dois projetos tiveram a discussão adiada pelo congresso norte-americano.

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.